Segunda, 17 de Maio de 2021 14:12
(37)99924-8617
Geral Minas Gerais

FJP apresenta perfil socioeconômico das regiões mineiras

Em seminários on-line, fundação usa indicadores sobre mercado de trabalho, saneamento, PIB e demografia para caracterizar o estado

28/04/2021 12h27
Por: TVI (MTB 0020533/MG) Fonte: Secom Minas Gerais
Gil Leonardi / Imprensa MG
Gil Leonardi / Imprensa MG

Nessa terça-feira (27/4), a  Fundação João Pinheiro (FJP) fez o primeiro de uma série de seminários on-line sobre as 13 Regiões Geográficas Intermediárias (RGInt) de Minas Gerais. O evento de abertura “Compreendendo as Características Socioeconômicas da Região Geográfica Intermediária de Belo Horizonte” pode ser revisto no  canal da FJP no YouTube.

Realizada em parceria com a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) e com a Associação Mineira de Municípios (AMM), a série aborda dados sobre mercado de trabalho, demografia, saneamento, Produto Interno Bruto, comércio exterior, relações intersetoriais e todos os indicadores produzidos para o Índice Mineiro de Responsabilidade Social (IMRS) de cada Região Geográfica Intermediária do estado - recorte geográfico mais atualizado definido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Foram apresentados indicadores referentes aos 74 municípios que compõem a RGInt de Belo Horizonte. O evento foi dividido em três módulos: o primeiro, sobre os indicadores do IMRS e os resultados do PIB dos municípios; o segundo, sobre as projeções demográficas e os indicadores de saneamento; o terceiro, sobre as análises de comércio e de fluxos intersetoriais e territoriais. 

Os dados foram apresentados por pesquisadores da FJP, e a moderação dos módulos ficou a cargo da presidente da  Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte (ARMBH), Mila Corrêa da Costa, de Angélica Ferreti, da AMM, e de Regina Magalhães, da ALMG.

Projeto 

Em julho de 2019, a Direi/FJP iniciou série de estudos chamada “Informativo FJP”. A proposta tem objetivo de apresentar informações ao público e subsidiar acadêmicos, legisladores e gestores públicos na avaliação e na produção de políticas públicas a partir da produção estatística da Fundação João Pinheiro.

A iniciativa deu início a um projeto que busca alcançar tanto os poderes Legislativo e Executivo dos 853 municípios de Minas Gerais, além do Legislativo estadual. A série de seminários on-line, que começou nessa terça-feira (27/4) é a segunda etapa do projeto.

A diretora de Estatística e Informações da FJP, Eleonora Cruz Santos, explica que a iniciativa busca levar informação e ajudar os municípios no entendimento das características socioeconômicas. “Temos um material rico para disseminar, de forma clara e didática, tudo o que está por trás do vasto volume de estatística que a diretoria produz. Queremos mostrar a potência que existe no material que produzimos para os gestores e os legisladores definirem políticas com critérios técnicos bem embasados", afirma.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias