Segunda, 17 de Maio de 2021 13:08
(37)99924-8617
Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Proposta prevê isenção tributária para seringa e agulha na pandemia

Medida será válida até 31 de dezembro de 2021

14/04/2021 15h58
Por: TVI (MTB 0020533/MG) Fonte: Agência Câmara de Notícias
Teixeira Jr.:
Teixeira Jr.: "Somente a vacinação nos ajudará a superar esse momento” - (Foto: Najara Araujo/Câmara dos Deputados)
Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Deputado Luiz Carlos Motta está sentado falando ao microfone. Ao fundo há uma bandeira do Brasil
Motta: vacinação dependerá da compra de uma enorme quantidade de seringas e agulhas

O Projeto de Lei 60/21 prevê isenção tributária de IPI, PIS e Cofins na importação e na comercialização de seringas e agulhas. O texto em análise na Câmara dos Deputados determina que a medida será válida até 31 de dezembro de 2021.

“A pandemia de Covid-19 atinge devastadoramente o País. É indispensável adotar medidas que reduzam os custos de aquisição desses insumos básicos para o sucesso da vacinação”, disse o autor, deputado Luiz Carlos Motta (PL-SP).

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias