Terça, 26 de Janeiro de 2021 22:20
(37)99924-8617
Esportes Tombense e Atlético

Galo quer 45ª taça do Mineiro para ser 45º campeão estadual na Pampulha. Gavião tenta estragar festa

Atlético entra em campo precisando do empate para ser campeão do modulo 1 do campeonato mineiro 2020

29/08/2020 17h53
Por: TVI (MTB 0020533/MG) Fonte: Hoje em Dia
Galo quer 45ª taça do Mineiro para ser 45º campeão estadual na Pampulha. Gavião tenta estragar festa

A decisão do Módulo I do Campeonato Mineiro, que terá neste domingo, às 16h, no Mineirão, a segunda e última partida decisiva entre Tombense e Atlético, tem o número 45 como marca.

O primeiro confronto, na última quarta-feira, só foi decidido após os 45 minutos, tempo regulamentar do futebol, com o atacante Keno decretando a vitória por 2 a 1, de virada, do Galo sobre o Gavião Carcará aos 52 do segundo tempo.

Com este resultado, o time do técnico Jorge Sampaoli entra em campo neste domingo precisando apenas de um empate para que o Atlético, maior campeão mineiro, conquiste a sua 45ª taça, numa história iniciada em 1915, na primeira edição da competição.

Se isso acontecer, os atleticanos conquistarão o 45º Estadual que teve o seu campeão conhecido no Gigante da Pampulha, em decisões diretas, como esta de 2020, ou em partidas de fases finais do torneio.

E isso não acontecerá num momento qualquer. Neste domingo, começa a semana do 55º aniversário do Mineirão, inaugurado em 5 de setembro de 1965.
Vítima dos acréscimos, tempo que vem após os 45 minutos regulamentares, na ida, o Tombense, que busca o primeiro título do Módulo I, tenta entrar para a história do Estadual e do Gigante da Pampulha.

Isso porque desde 1965, o único clube do interior a fazer a festa pela conquista do Campeonato Mineiro dentro do Mineirão foi o Ipatinga, em 2005. As outras 43 taças foram erguidas por Cruzeiro (22), Atlético (18) ou América (3).

Decisões

Nos 44 Estaduais que tiveram o campeão conhecido no Mineirão, só 24 tiveram finais diretas como a de 2020, entre Tombense e Atlético, sendo que as últimas 15 voltas olímpicas foram sempre de clubes que ganharam decisões neste formato.

A primeira foi em 1967, quando Atlético e Cruzeiro terminaram o torneio, que era por pontos corridos, empatados, e precisaram jogar uma melhor de três.
Nos anos 1960, 1970 e 1980, os Estaduais primeiro foram por pontos corridos. Depois, passaram a ser decididos com quadrangulares, hexagonais ou até octogonais finais.

O último vencedor do Campeonato Mineiro, a fazer a festa no Gigante da Pampulha, mas sem ser numa final direta, foi o Cruzeiro, em 1996, quando fez 1 a 0 no América e contou com empate sem gols do Atlético com o Uberlândia, no Parque do Sabiá.

Nova arena

Reinaugurado em fevereiro de 2013, para receber jogos das Copas das Confederações (2013) e do Mundo (2014), a primeira volta olímpica no novo Mineirão foi de um campeão estadual, o Atlético, em 2013.

Apesar da derrota de 2 a 1 para o Cruzeiro, o Galo levantou a taça, pois tinha goleado na ida, disputada no Independência, por 3 a 0.
A última volta olímpica estadual no estádio foi do Cruzeiro, em 2018, com um 2 a 0 sobre o Galo.

A FICHA DO JOGO

TOMBENSE
Felipe; David, Admilton, Matheus Lopes e João Paulo; Rodrigo, Serginho e Ibson; Cássio Ortega, Marquinhos e Rubens. Técnico: Eugênio Souza

ATLÉTICO
Rafael; Guga (Mariano), Réver, Alonso, Arana; Jair, Hyoran, Marquinhos (Savarino), Keno, Sasha e Marrony. Técnico: Jorge Sampaoli

DATA: 30 de agosto de 2020
HORÁRIO: 16h
LOCAL: Mineirão
MOTIVO: Jogo de volta da decisão do Campeonato Mineiro de 2020
ARBITRAGEM: Rônei Cândido Alves, auxiliado por Marcus Vinícius Gomes e Felipe Alan Costa de Oliveira
VAR: Wanderson Alves de Souza
TRANSMISSÃO: Globo e Premiere

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias